09 outubro 2015

Fotografia: 35 dicas de fotografia para iniciantes!

35 dicas de fotografia para iniciantes!



Recentemente, publicamos algumas matérias com dicas de fotografia para iniciantes. Devido ao grande sucesso, criamos essa matéria com todas essas dicas, para você adicionar ao seus favoritos e compartilhar com seus amigos. 

Para fotografar é necessário fotometrar: fotometria = foto, que significa luz e metria, que significa medir. Fotometria nada mais é que um conjunto de técnicas e recursos para medir a luz ao fotografar, seja esta luz natural ou artificial.

Nas técnicas de fotometria estão três fatores importantíssimos: o tamanho do diafragma (a abertura da lente por onde passará a luz), a velocidade que o obturador ficará aberto para entrar luz e a sensibilidade do sensor  à luz (ISO).

Veja nossas matérias para entender mais sobre esses três fatores:


1.      ISO (sensibilidade)

O ISO, que antes era ASA nas câmeras analógicas, nada mais é do que a sensibilidade dos filmes. Quanto maior o ISO, maior a sensibilidade, ou seja, mais luz. Porém quanto mais sensível, nos filmes, maior o grão. Já no digital não temos o grão, e sim um defeito no sensor, que resulta algo similar: o ruído, ou seja, quanto mais sensível, mais ruído. (Continue lendo)

  



2.      Velocidade (obturador) 

O obturador é como uma cortina dentro da câmera, que abre e fecha para a luz chegar ao sensor (ou filme). Quanto mais tempo aberto, mais luz entrará, e mais clara será a foto. Por outro lado, quanto menos tempo, menos luz. O tempo que o obturador fica aberto é medido através de frações de segundo, segundos, minutos e até horas. Aprenda mais sobre a velocidade do obturador das câmeras:   

 


3.      Diafragma, abertura ou f

 O diafragma na fotografia é o diâmetro da abertura das lentes. Esse diâmetro é um dos fatores que define a quantidade de luz que entrará na câmera, até o sensor. Quanto maior for a abertura, mais luminosa é a objetiva (mais apta para locais com pouca luz). Aprenda mais sobre o que é o diafragma das objetivas



4.     Histograma

Outro fator muito importante, tanto na hora de fotografar quanto na hora de editar, é o histograma, um gráfico que mede a luminosidade da foto, auxiliando na obtenção de uma melhor exposição da imagem. Como os visores das câmeras mostram uma imagem compactada de baixa qualidade, muitas vezes o que vemos nesses visores não é o real: podemos achar que a foto está boa, mas pode haver falta ou excesso de luz. Por meio do histograma, podemos corrigir isso, verificar o tipo de luz (dura ou suave) e medir os tons de cinza. (Continue lendo)




5.     Composição

Além de técnicas em relação aos equipamentos, outro fator importante independente do recurso usado para fotografar (seja uma câmera DSLR, uma compacta ou um celular) é a composição.
Uma das principais dicas de composição fotográfica é a Regra dos Terços, que se caracteriza em dividir uma imagem em duas linhas horizontais e duas linhas verticais, onde os 4 pontos de interseção dessas 4 linhas são os pontos onde os nossos olhos têm maior atenção. Em alguns casos…(Continue lendo)
  




Agora que você já conhece velocidade, abertura e ISO, confira algumas dicas de como usar esses recursos para criar técnicas e efeitos diferenciados.

       
Velocidades lentas de exposição, como segundos ou minutos, além do objetivo de captar imagens em lugares com pouca iluminação, também podem ser úteis para resultar em efeitos interessantes, como o rastro dos faróis dos carros, transformar água corrente num véu, entre muitos outros. 

           6. Saiba mais sobre Fotografia de Longa Exposição



            7. Aprenda a criar o efeito véu de noiva





Além da velocidade, a abertura da lente também é responsável por diversas técnicas e características numa foto, como por exemplo o fundo desfocado, que é uma das coisas que todo fotógrafo iniciante pergunta como fazer. 

            8. Entenda mais sobre como criar um fundo desfocado e o que é a profundidade de campo:  




            9. Lentes claras são o sonho de todo fotógrafo. Uma das mais comuns é a fixa 50mm, com abertura 1.4 ou 1.8. Essas lentes proporcionam uma maior luminosidade muito interessante e uma profundidade de campo sensacional. Porém, alguns cuidados devem ser tomados. Confira algumas dicas sobre grandes aberturas






          10. Regra dos terços com pessoas

A regra dos terços é uma teoria utilizada na hora de compor uma imagem. Se caracteriza em dividir uma imagem em duas linhas horizontais e duas linhas verticais, em que os 4 pontos de interseção dessas 4 linhas são os pontos onde os nossos olhos têm maior atenção. Em retratos, a dica é posicionar um desses cantos em um dos olhos ou no sorriso da pessoa. Veja mais exemplos aqui.






          11. Retratos de Casais

Ao fotografar casais, geralmente pedimos para se aproximarem na hora de fazer a foto. Porém, na maioria das vezes, eles não se aproximam tanto quanto gostaríamos para dar aquele close no rosto, deixando um espaço sobrando entre os dois. Então, quando fotografar retratos de casais, é interessante dirigi-los, frisar que devem se aproximar bem. Assim, teremos resultados bem interessantes! Veja alguns exemplos.





                 12.  Posicionamentos vertical e horizontal




                   13.  Retratos com teleobjetivas

Veja como a distância focal influencia ao fotografar retratos.





             14. Retratos espontâneos

Ao fotografar eventos, festas, aniversários ou até mesmo fotos do dia a dia, uma dica legal para os fotógrafos é não fazer apenas as fotos posadas, mas captar momentos em que a pessoa não percebe que está sendo fotografada. Isso também pode ser chamado de fotojornalismo e gera resultados bem espontâneos e interessantes! Veja mais exemplos.





                15. Truque com pose

Uma dica simples e rápida, mas que pode fazer muita diferença ao fotografar uma pessoa, é o posicionamento desta. Pessoas que não têm o costume de serem fotografadas normalmente permanecem de maneira muito “reta” nas fotos (exemplo abaixo). Dependendo do ângulo fotografado, a postura pode não ficar muito agradável. Por isso, fique atento a este detalhe. Caso necessário, peça para o modelo posicionar uma das pernas levemente para frente (para dar apoio) e jogar o corpo para frente. Pode não parecer natural, mas a foto ficará com um aspecto bem mais interessante. Saiba mais aqui.


              16. Dez cuidados ao fotografar retratos
              Algumas coisas podem ser evitadas, por isso confira 10 cuidados importantes a serem tomados ao fotografar retratos:
 



Na sequência, vamos falar sobre LUZ. A luz é o ingrediente principal de toda fotografia. Inclusive a palavra “fotografia” vem das palavras gregas “photos” (luz) e “graphien” (escrever), ou seja: “escrever com a luz”. Saber como trabalhar e explorar a luz é o principal fator que determinará uma boa fotografia.


                17. Observando a luz natural 

Um bom fotógrafo deve sempre ter o hábito de observar a luz em todas as circunstâncias, pois leves movimentos são cruciais ao fotografar com luz natural por exemplo. Varandas e janelas podem ser lugares interessantes para fotografar, pois impedem a luz direta e temos uma luz suave em seu interior, [continue lendo]




                 18. Luz natural: utilizando um difusor  

A luz que vai das 10h até às 15h da tarde, mais ou menos, tem como característica ser dura e direta, o que resulta em sombras fortes e transições duras. Dependendo do ambiente, podemos evitar isso, como utilizar a sombra de uma árvore. Porém, dependendo do local em que estamos fotografando, pode ser uma boa pedida ter um difusor. Continuamos trabalhando com luz natural, porém, ela não será mais tão dura e direta, o que resulta em sombras mais suaves e agradáveis. [Continue lendo]





                 19. Golden Hour

Um horário legal para fotografar é no intervalo de mais ou menos 1 hora antes e depois do nascer ou pôr-do-sol, conhecido como Golden Hour. Nesse horário, o sol está baixo, ou seja, teremos uma iluminação mais suave, não tão direta, proporcionando sombras e brilhos interessantes. Saiba mais sobre Golden Hour.






               20. Flash da câmera x Flash remoto

O flash que vem embutido nas câmeras tem uma luz direta muito uniforme e não tem mobilidade, ou seja, a luz é emitida sempre na mesma direção. Isso não é interessante, pois essa luz direta pode resultar reflexos, manchas brancas em um rosto, resultando um retrato sem volume e sombras duras. Já o flash remoto possibilita direcionar a luz para diversos lugares. Saiba mais e veja um exemplo sobre o flash remoto:




                 21. O que é luz contra na fotografia

A luz contra é uma luz posicionada em posição oposta à luz principal e a câmera. Tem a função de dar mais volume ao assunto e de recortá-lo do fundo, gerando assim mais profundidade na foto. Podemos obter esse resultado em estúdio, ou com luz natural posicionando o assunto entre o sol e a câmera. Saiba mais sobre luz contra:






                 22. Criando luz contra com luz natural

Existem várias maneiras de aproveitar a luz natural, uma delas é como luz contra, fazendo um contorno no modelo. Isso gera um resultado bem interessante! Saiba mais sobre luz contra com luz natural:




              23. O que é o FLARE

O Flare (ou Lens Flare) é um defeito ótico causado quando a luz entra diretamente através das extremidades da lente. Esse defeito causa manchas de luz, em formas circulares ou hexagonais.
Embora seja originalmente uma imperfeição, muitos fotógrafos hoje em dia utilizam esse “defeito” em seu favor como uma espécie de efeito. Saiba mais:


              24. Efeito Bokeh 

O efeito Bokeh é aquele super desfoque com alguns círculos no fundo. Porém, não é todo fundo desfocado que gera esse efeito: essas “bolinhas” são, na verdade, pontos de luz desfocados, por isso que elas geram esses desenhos. Ou seja, quando o fundo do nosso assunto estiver refletindo alguma luz (como luz do sol, ou mesmo luzes de uma cidade à noite), teremos esse efeito. Confira algumas dicas sobre como fazer o efeito bokeh:







              25. Seis dicas para Fotografia de Paisagens:

Fatores como enquadramento, horário, profundidade de campo, distância focal e até a previsão do tempo podem fazer muita diferença para um fotógrafo de paisagens. [Continue lendo]

 




Alguns itens são essenciais para a fotografia de paisagens, confira aqui 6 deles.




             27. Como fotografar a Lua:

Lentes tele objetivas são importantíssimas para fotografar a Lua. Porém, uma grande distância focal não é o único fator importante para obter uma foto legal. A lua, durante a noite, reflete muito brilho, o que impossibilita uma foto com detalhes legais. Então, uma boa dica é fotografá-la quando o céu está começando a escurecer, quando ele ainda está aquele azul pós por do sol. Então, ao fotometrar, apontando para a lua, não use a fotometria ideal em zero, mas sim, 2 stops abaixo, ou até menos. Dessa forma, o azul ficará sub-exposto (escuro) e a lua ficará num tom bem legal! [Continue lendo]




             28. O que é o Filtro Polarizador:

Muitos filtros para lentes tornaram-se obsoletos, devido à facilidade de recriar os mesmos efeitos no Photoshop. Porém, alguns filtros ainda são indispensáveis e muito utilizados, como é o caso do filtro polarizador, que tem como um dos objetivos principais remover reflexos em superfícies como a água. Os reflexos são causados devido ao fato que algumas superfícies não refletem a luz de forma linear, e o polarizador permite corrigir isso, pois… [Continue lendo]





              29. Não crie limites!

Quem nunca ouviu aquela famosa desculpa: *Ah, não consigo fazer tal foto porque não tenho tal lente.* Pois é, já ouvi muitas vezes! Quando falamos em fotos panorâmicas, a primeira coisa que vem na cabeça são aquelas fotos compridas, feitas com muitas imagens. Porém, essa técnica pode ser usada não somente para essa finalidade! Belos lugares e belas paisagens às vezes requerem lentes grande angulares, e nem sempre isso é possível. Por isso vou dar uma dica bem útil: [Continue lendo]





             30. O que é Macro fotografia?

A fotografia macro é o registro de pequenas coisas, em que a foto visa mostrar e valorizar pequenos detalhes não muito perceptíveis a olho nu. Ao falar em macro fotografia, é muito comum assimilar esse assunto a fotos de insetos e plantas, porém não há uma limitação do que pode ser fotografado com a técnica. Uma foto é considerada macro quando… [Continue lendo]





             31. Dica para fotografar flores com lentes zoom:

Confira algumas dicas de como valorizar uma flor, fotografando-a com lentes zoom e grandes aberturas. [Continue lendo]



              32. O que é Panning:

Muita gente já deve ter se perguntado como são feitas aquelas fotos de Fórmula 1, de Motocross, ou de carros comuns, nas quais um veículo em movimento fica congelado na imagem, e o fundo aparece desfocado e em movimento. Essa técnica se chama panning, e para criar esse efeito é preciso… [Continue lendo]




33. Zoom óptico X Zoom Digital

Na hora de comprar uma câmera compacta, um dos fatores de escolha é o ZOOM, que nada mais é do que a possibilidade de aproximar assuntos distantes. Porém, você deve ficar atento a esse detalhe, pois existem 2 tipos de zoom: o óptico e o digital. [Continue lendo]





34. Qual câmera comprar?

Muitas pessoas me perguntam qual câmera devem comprar para começar a fotografar, seja por hobby ou profissionalmente. Não existe A CAMERA IDEAL, mas existem algumas dicas que dão um direcionamento neste passo importante na vida de muitas pessoas. [Continue lendo]



35. O que é High Key Low Key na fotografia?



Curtiu essas dicas? Então confira nossas outras dicas de fotografia!

fotografia-full-frame

Quer seguir carreira profissional com fotografia? Conheça nossos cursos de fotografia! Didáticos e práticos!

photopro-fotografia


Olá, pessoal!! Tudo bem? Gostaram do poster de hoje? Essas dicas são maravilhosas para que começar na carreira fotografia ou simplesmente saber mais. ;D Espero que tenham gostado!! Eu achei o máximo. ^^ Até breve, amores. Bom final de semana. Beijinhos ;*
Fonte: http://www.photopro.com.br/tutoriais-gratis/35-dicas-fotografia-iniciantes/

Suene Fernandes

Nenhum comentário:

Postar um comentário